Dores musculares durante o treino de bíceps. O que fazer?


Sentir dor durante ou após a realização de exercícios físicos pode ser considerado normal, mas qual o limite da dor para não ocorrerem lesões desnecessárias que podem inclusive obrigá-lo a paralisar seus treinos até melhora clinica?

dores musculares No caso de treinos de bíceps a situação é ainda pior principalmente para homens, pois ter um bíceps volumoso e bem definido é objetivo de 10 em cada 10 praticantes de musculação justamente por ser um músculo aparente e que demonstra a boa forma física, chamando a atenção do corpo como um todo. O dia de treinar bíceps acaba se tornando um dia sagrado para os adeptos da musculação.

O problema é que a falta de orientação faz com que erros graves sejam cometidos durante a execução das séries, tornando os treinos ineficientes e principalmente ocasionando lesões que são chatas e dolorosas, podendo muitas vezes obrigar a pessoa a paralisar os treinos até conseguir a cura ou cicatrização dessa lesão.

Principal erro durante o treino de biceps

principal erro durante o treino de bíceps O erro mais comum durante a execução do treino de bíceps é a preocupação excessiva com a carga, deixando de lado fatores importantes como estabilização da coluna e também do antebraço. Claro que quanto maior a carga, maior a hipertrofia mas nada adianta exagerar no peso e executar a série “roubando” força de outros grupos musculares, pois essa prática é arriscada tendo em vista que aumenta as chances de lesões graves e nada contribuem para o desenvolvimento do músculo que é o foco do treino, ou seja, o bíceps.

 

Barra reta X Barra W. Qual a melhor pega para o seu treino de bíceps?

barra reta e barra w É muito comum praticantes de musculação alternarem seus treinos de bíceps entre barra reta e a barra W, mas poucos sabem a diferença entre uma e outra. A barra reta traz mais eficiência e mais ativação muscular, fazendo com que o exercício seja muito mais proveitoso do ponto de vista da hipertrofia muscular, e justamente por esse motivo é comum ocorrerem dores durante sua execução pois ela força muito mais o bíceps, antebraço e também os punhos.

Já a barra W traz maior conforto principalmente para quem sente dor no antebraço e punho, pois a pegada nessa barra é mais neutra, deixando assim o exercício muito mais confortável durante a execução. O ponto negativo é que não é tão eficiente para hipertrofia quanto a barra reta.

Dores durante a execução da barra reta. Como resolver?

 

Existem inúmeros motivos que podem causar a dor durante o movimento na execução do exercício na barra reta, porém o mais comum deles é exatamente falta de força nos músculos do antebraço, pois a barra reta exige uma maior estabilização por parte desses músculos que nem sempre estão preparados para trabalhar com a carga aparentemente ideal para o desenvolvimento do bíceps (falta de força). Tendo em vista que a execução do exercício na barra reta é muito mais eficiente do que a barra w, é necessário a principio diminuir a carga consideravelmente para que se consiga executar a série sem correr o risco de causar uma lesão muscular no antebraço. Como sugestão, diminua a carga em cerca de 50% passando-se a executar a série na barra reta, e não mais na barra w, ou seja, se você estava acostumado a fazer o exercício com 10 kg na barra w, diminua para 5 kg e mude para a barra reta. Verifique se consegue executar toda a série sem sentir dor, ou se as dores diminuem consideravelmente.

Outra dica é apertar bem a barra durante toda a execução dos movimentos. Faça o exercício como se estivesse espremendo a barra pois isso dá uma estabilidade maior no antebraço evitando lesionar os tendões e articulações mais sensíveis.

Após seguir essas dicas, caso a dor suma ou diminua consideravelmente, fica claro que o problema estava na ativação dos músculos do antebraço e também na estabilização principalmente do punho.

Mas atenção!!

Se você diminuir a carga e executar os exercícios apertando bem a barra e mesmo assim a dor não sumir ou ao menos diminuir consideravelmente, pode ser que você tenha alguma lesão na musculatura do seu braço ou ainda alguma limitação de supinação no antebraço. Há casos em pode existir microlesões principalmente no punho ou no cotovelo como epicondilite medial ou lateral. Para essa situação você deve procurar um médico ou especialista para diagnosticar com precisão através de exames qual o tipo de lesão que você possui e assim realizar as técnicas e tratamentos ideais para não agravar ainda mais a situação.

Conclusão

 

A barra reta é muito mais eficiente para o biceps do que a barra w. Para tanto se deve praticar o exercício sem sentir dores exageradas. Caso você não consiga realizar o exercício com a barra reta mesmo seguindo as recomendações, é altamente indicado procurar um médico especialista para diagnosticar com precisão os motivos das dores. Nesse caso o ideal é não realizar o exercício na barra reta, pois pode agravar ainda mais o seu quadro, principalmente se o desconforto não diminuir consideravelmente ou desaparecer. Claro que é completamente possível conseguir hipertrofia no bíceps com a realização do exercício na barra W, mas nada impede que após uma melhora no seu quadro clínico você volte a realizar as séries na barra reta, pois sua eficiência em relação a ativação muscular é muito significante.

Participe do nosso blog! Siga as orientações descritas no post e coloque abaixo o resultado. Dê um like, compartilhe o conteúdo nas redes sociais e ajude a divulgar esse conteúdo.

Dores musculares durante o treino de bíceps. O que fazer?
Hei, avalie este artigo:

Comente agora:

comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *